quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

A Grande Invocação

A Grande Invocação é o mantra da Era de Aquário, cada vez mais conhecida e orada pelas pessoas que desejam lucidez, sintonia com os novos tempos, e que gradativamente passam a ter seus corações e sentimentos tocados pela sua mensagem benfazeja. Ela é o que a oração do Pai Nosso tem sido para a Era de Peixes. É uma oração mundial bem no espírito dessa era que estamos iniciando que, a exemplo das outras eras, tenta harmonizar os opostos que formam o seu eixo: Leão e Aquário.
Esse eixo contrapõe o conceito da individualidade de cada um versus o da humanidade como um todo: O contribuinte e o Estado, o consumidor e a ecologia, o indivíduo e o grande grupo.
Essa dualidade vai estressar a relação entre o direito de privacidade individual e os controles nacionais e supranacionais de dados e informação pelos países. Vai colocar o indivíduo contra a tentativa em bloco de governança mundial que está se avizinhando. Não é mais pobres versus ricos, ou capitalismo versus comunismo. É o indivíduo versus todos os grandes grupos. Como sempre, tem stress nessa fita.
A boa nova porém, como não podia deixar de ser, é que a oração sutilmente se afasta da antítese, da oposição que é apresentada pela realidade exterior do mundo, e generosamente se encaminha para a síntese amorosa que vinda do Alto alimenta toda a humanidade como faz o aguadeiro da primavera com seu cântaro, que é o símbolo do signo de aquário.
Quem criou a oração? Mistério...
 Ela é diferente das nossas orações corriqueiras e egoístas, que se resumem todas em pedir ao Mais Alto (ou Consciência Cósmica, ou Deus, Alah, Jeová, Brahma) o seguinte:
 - Por favor, fazei as coisas serem melhores do que mereço, como o meu ego deseja.
Ela diz simplesmente: - Que flua Amor aos corações dos homens. Indistintamente, como faz o sol, que ilumina o bom e o mau, o santo e o criminoso, o rico e o pobre.
Ela pede que dos três centros da divindade (mente, coração e vontade) da qual somos feitos à imagem e semelhança, desçam luz, amor e poder, e restaurem o plano da Terra, beneficiando toda a humanidade. Não somente a mim.
Por que?
Porque se beneficiar o outro, beneficia a mim, a humanidade sou eu mesmo...

A GRANDE INVOCAÇÃO

DO PONTO DE LUZ NA MENTE DE DEUS,
QUE FLUA LUZ ÀS MENTES DOS HOMENS;
QUE A LUZ DESÇA À TERRA.


DO PONTO DE AMOR NO CORAÇÃO DE DEUS,
QUE FLUA AMOR AOS CORAÇÕES DOS HOMENS;
QUE CRISTO VOLTE À TERRA.


DO CENTRO ONDE A VONTADE DE DEUS É CONHECIDA,
QUE O PROPÓSITO GUIE  AS PEQUENAS VONTADES DOS HOMENS;
O PROPÓSITO QUE OS MESTRES CONHECEM E  SERVEM.


DO CENTRO A QUE CHAMAMOS A RAÇA DOS HOMENS,
QUE SE CUMPRA O PLANO DE AMOR E LUZ
E QUE ELE VEDE A PORTA ONDE MORA O MAL.


QUE A LUZ, O AMOR E O PODER
RESTABELEÇAM O PLANO NA TERRA.

Um comentário:

  1. Poderoso decreto.
    Da para sentir a impessoalidade.
    Maravilhoso...
    Luara

    ResponderExcluir